Use o poder da palavra para o bem geral.
Escreva, construa! E mande revisar seu texto: construa certo.

  • GENTE QUE MARCA

    Uma conversa com um amigo dileto que viajou de volta para o Mundo Espiritual. Na sua mala, os bens que impregnaram positivamente todos que estavam ao seu redor.

  • O PESADELO DO EX-GENRO

    Um sonho que se reporta ao tempo em que os bichos falavam, e mais, filosofavam. Tempo também de praticidade entre a bicharada.

  • PAGANDO MICO

    As gafes de cada um dão um sabor especial à vida. Mas há gafes que a gente tem vergonha só de lembrar.

  • A CORRUPÇÃO MORA AO LADO

    Onde se enquadra o ato corrupto de simular formação complementar que você não tem? e ainda para obter vantagem financeira perante o Governo?

  • A MÃEZINHA DO JUIZ

    Em professorinha, o diminutivo inho-inha indica redução no valor moral, intelectual, profissional. Mas ser professorinha no Brasil indica também falta de capacidade financeira. Ou seja, toda professorinha é mal-remunerada...

  • FISCALIZAÇÃO, JEITO TORTO E CAOS

    De um lado: ocupação desordenada do solo. Do outro: AGEFIS, a agência fiscalizadora. E um esboço de solução despido de qualquer fundamento, mas que dá sensação de atingimento dos objetivos. Ou nem isso?

TEXTOS DO AUTOR

(hoje são 247)

Textos do autor e de escritores convidados sobre assuntos da atualidade, revisão textual e português do cotidiano.

FRASE DO DIA
"No Brasil de hoje, os cidadãos têm medo do futuro. Os políticos têm medo do passado.”
Chico Anísio, humorista