TEXTOS DO AUTOR

REVISÃO EM CRISE

Em época de crise, a CBN sugeriu revisão textual como "bico"!

Hoje a Luiza, internauta, usando o “fale comigo” de minha página na web, indagou quanto a preço de revisão textual. Êta! assuntinho delicado.

Em tempos de preço de lauda a R$ 49,23 segundo a tabela do Sindicato dos Jornalistas do DF, me esforcei para jogar luz nessa dúvida da Luiza. Disse que um preço razoável seria entre R$ 15,00 e R$ 20,00. Mas disse também que o cliente pode se espantar com R$ 10,00. E ainda disse que há quem trabalhe pela metade disso. E há os amigos... que fazem de graça. Mas há também os que pagam pra fazer, como investimento, para treinar.

Há pessoas ainda que fazem por um preço simbólico, incentivados, quem sabe, por comentarista da CBN. Pois é, Mauro Halfeld (“Está na hora de ganhar mais dinheiro”, CBN, de 6.5.2009) falava de soluções para a crise. Já o Renato Machado é aquele que em época de crise recomenda um bom vinho, e desses difíceis de a gente achar. Quando se acha, não se  compra, pelo preço. Claro, se é crise!...

O simpático Halfeld, falando das dificuldades econômicas mundiais, sugeriu criatividade para aumentar os ganhos mensais, se não se conseguisse adequar o que se ganha ao que se gasta em casa. Uma das atividades sugeridas ao ouvinte: fazer revisão textual. Isso mesmo, revisão textual. Um trabalho simples — rentável? —, que todo mundo sabe fazer, suponho, ou melhor, ele supõe. Assim como vender dindim, fritar pastel, encher pneu, varrer calçada, lavar uma cueca. 

Recomendo então que se alguém for seguir o conselho, apesar de nunca ter feito revisão, quando surgir o primeiro trabalho, ligue para a Luiza, aquela do comecinho. Ela anda pesquisando. Fale com ela do seu preço.  Mas seja objetivo. Já deixei a menina confusa demais.

Aristides Coelho Neto, 27 maio 2009

Comentários (3)

Voltar