TEXTOS DO AUTOR

REPAROU?

A dúvida quanto à essência do que se repara, diante de quem só repara seletivamente.

— Reparou que eles deslizam as mãos pelas paredes claro deixando as marcas das mãozinhas tão sujinhas quanto emporcalhadas e também que jogam brinquedos bolinhas bolonas bonecos no telhado que não conseguem tirar e somem com as vassouras de lavar o viveiro e que partes da vassoura e partes da haste de limpar a piscina vão parar dependuradas na jabuticabeira e na pitangueira e que o gato fica apavorado de tanto eles apertarem o coitado viu também que eles chegaram a abrir o registro provocando um transbordamento de três metros cúbicos de água na piscina em tempos de racionamento e se aparecem quatro micos pegam quatro bananas pra acabar explodindo a barriga dos macaquinhos e que não sei o que um microfone estava fazendo no limoeiro e viu também que eles falam tão alto que a casa parece casa de surdos acabam não juntando as coisas que espalham e chegaram a empurrar o carro na rampa da garagem levando o portão abaixo felizmente não havia ninguém passando e misturam terra com guaraná e adoram pegar livros na estante para usar como calço ou banquinho nas suas empreitadas dentro desses mesmos livros aparecem objetos que estavam há muito sumidos e também que tiram tudo do lugar e não põem de volta e que a nossa cozinha virou rota de passagem e de fuga e que as efervescências todas acontecem até na hora do almoço que a gente gostaria que fosse quietinho e que usam a mangueira para encher de água buracos que não servem pra nada e acordam a gente como se não dormíssemos nunca querem que você abdique do jornal da tevê para assistir àqueles desenhos malucos e o tal do Luccas Neto Felipe Neto Dearo gêmeas Melissa e Nicole e outros "influencers" uns gritam outros falam palavrões outros são só sem-graça outros chatos outros deseducam e criam hábitos perniciosos ganham dinheiro ao mesmo tempo em que abobalham os seguidores de quem é mesmo o vídeo piscina de nutella ou banheira que já me disseram é o mais estúpido da internet corrompem até bons costumes alimentares nas crianças viu só que os pestinhas  andam pelo nosso quarto com as botinas e sapatos cheios de barro e que soltam pum nos horários mais impróprios achando que isso é grande vantagem claro raramente dividem os chocolates com a gente ninguém é de ferro ora bolas que querem comprar coisas impossíveis que dão uma mordida nas frutas e deixam pra lá cavalgam nos nossos ombros seja em terra ou na água e querem que você compre um montão de coisas pra eles sem falar que eles são mais preparados fisicamente mesmo assim querem que a gente pegue as coisas para eles e por falar nisso também a capacidade de acabar com rolos e rolos de fitas adesivas e também minhas folhas de papel da impressora e as tintas ainda bem que guache que se espalham pelo chão da varanda e querer que a gente cace joaninhas sei lá onde para as experiências estratosféricas que chegam a andar na bicicleta com os pneus totalmente murchos acabam com os grampos do grampeador e ainda fazem desaparecer os parafusos da estante-suporte de partitura bem como faz parte esconder o controle da tevê na remota gaveta de um criado-mudo e ainda escondem as únicas chaves da cristaleira e ainda por cima querem me ver pelado tomando banho prestou atenção que quando a gente brinca de esconde-esconde e consigo pegá-los eles dizem "pausa" e a pegada então não vale reparou em tudo isso?

— Reparei... em você. Essa camiseta não tem nada a ver com a bermuda. Não combina! Mesmo! Se troque que estou esperando no carro!

Aristides Coelho Neto, 12 dez. 2018

Comentários (3)

Voltar