PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS

Diálogos com a vida

Lucas Veras

Neste livro de autoria de Lucas Cardoso Veras Neto, a ilustração sugestiva de capa é de Sônia Carolina, artista plástica, poetisa e psicanalista de Brasília (soniacarolina7@yahoo.com.br).
As ilustrações internas são de Marcílio Tabosa de Castro (marciliotabosa@gmail.com), a diagramação é de Samuel Tabosa de Castro (samuel.tabosa@gmail.com) e a arte de capa é de Marcus Pólo (polodesign@gmail.com.).


Lucas Cardoso Veras Neto nasceu piauiense e cresceu maranhense. Hoje mora em Brasília.

Desde cedo ouvia seu pai, Magno, de apurada sensibilidade, declamar poesias dele mesmo.

Lucas se tornou médico e se dedicou às crianças. Em suas viagens por quatro continentes, fez grandes amigos, em função dos princípios éticos sólidos, da fluência típica do nordestino, da sua característica objetividade, do seu senso de humor. E quem sabe de uma herança genética de captar impressões.

Só levo a sério as coisas sérias e a vida não é uma delas” é mais do que uma simples frase do autor de Diálogos com a Vida – é a sua maneira de encarar o cotidiano. Há quem diga que por trás de um quase incisivo desdém pela vida se esconda uma postura muito mais de respeito que de desapego. 

Lucas Veras sabe que sua poesia é diferente da poesia do pai, seu herói e modelo, a quem considera um poeta completo, na rima, nos versos trabalhados com esmero. Neste livro o adolescente de outrora mostra não uma exímia e irreprimível versificação, mas contradições e sentimentos vindos do mais fundo d’alma. Alma que se revela não adolescente, mas longeva e sábia.

Nesta obra transparece uma realidade em cada ficção criada. Nos sentimentos controversos de amor, felicidade, dor, angústia e inconformismo aqui contidos, aflora sensibilidade, revestida da transparência ingênua própria de um adolescente sonhador.

Como se deitado num divã sem psiquiatra.

Comentários (3)

Voltar